Volta na ilha e o extremo sul de Cozumel

06.09.2015

Boa parte da vida turística em Cozumel gira em torno do mergulho, mas existem outras coisas para fazer e se divertir por aqui. Dar uma volta na ilha é uma delas. Durante o caminho, você pode parar para fazer um snorkel, comer em algum restaurante a beira da praia, aproveitar a estrutura dos beach parks ou simplesmente admirar a paisagem e o pôr-do-sol estonteante de Cozumel.

 

Pôr-do-sol na praia do centro. Cozumel, México.

Para fazer esse passeio, você pode negociar um preço fechado com um taxista (pode valer a pena se você estiver em um grupo grande) ou alugar um carro ou moto e desfrutar de mais liberdade com relação aos horários e pontos de paradas. Nós alugamos uma moto por ser o melhor custo benefício para 2 pessoas, e pagamos MX$350 (cerca de R$75), já com seguro.

 

Alugamos uma moto e demos, literalmente, uma volta na ilha!

Você vai receber um mapa da locadora, mas não precisa se preocupar nem com GPS: a volta na ilha pode ser feita através de uma única rodovia, que tem 65km e se estende por toda a costa oeste, passa pelo extremo sul, cobre toda a costa leste e atravessa a ilha no meio, se encontrando novamente com o lado oeste.

 

Em vermelho, o trajeto que fizemos com a moto!

Não existe um acesso muito fácil para o extremo norte da ilha, a não ser de barco, motivo pelo qual não o conhecemos muito bem.

 

Uma das praias do lado leste da ilha que chamou a nossa atenção foi a Playa Bonita, que fica numa região chamada Punta Chiqueros. É uma das praias mais convidativas que encontramos para tomar um banho de mar. Isso porque a maioria das praias aqui de Cozumel são arrecifais, ou seja, existem recifes de coral bem próximos da costa, o que é ótimo para fazer snorkel, mas dificulta um pouco a vida de quem quer só curtir um pouco o sol e o mar.

 

Já no caso da Playa Bonita, a faixa de areia era considerável, e o mar relativamente calmo. Além disso, existe um restaurante na beira da praia, bem simples de estrutura, mas com uma comida bem boa e preços relativamente baratos. Uma refeição para duas pessoas, no nosso caso, ficou em torno de MX$300 (R$65).

 

Faixa de areia e mar calmo na Playa Bonita. Cozumel, México.

Outro lugar que recomendamos visitar é o Parque Ecológico Punta Sur, que, como diz o nome, está localizado no extremo sul da ilha. Nós simplesmente amamos esse lugar. Diferente de outros Beach Parks que oferecem uma mega estrutura, que nós interpretamos mais como artificial do que turística, o Punta Sur é mais uma reserva ecológica mesmo, onde você tem a sensação de estar entrando em contato com uma natureza selvagem, intocada, e praticando um turismo de forma mais sustentável.

Entrando por uma estradinha de chão batido, você vai passar pelas praias onde ocorre todo o processo de desova das tartarugas marinhas.  A corrente marítima nessas praias é muito forte, motivo pelo qual é proibido nadar por ali. Mas a paisagem é muito bonita, e a praia se estende por cerca de 5km, ao final dos quais está o Museu da Navegação e o Farol Celarain, onde você pode subir e ter uma vista panorâmica da região com praias, lagoas, mangues e muita vegetação.

 

O farol e o Museu da Navegação.

Seguindo mais alguns quilômetros à frente do Farol, você vai chegar na praia que consideramos, de longe, a melhor de toda a ilha de Cozumel. Oferecendo uma estrutura de restaurantes, cadeiras, guarda-sóis, redes e serviços de massagem e de aluguel de equipamento para snorkel, a praia de Chun-Chacaab, como é chamada, é o lugar perfeito para relaxar e curtir o mar azul-turquesa do Caribe. 

 

Relaxando na praia Chun-Chacaab, no Parque Punta Sur. Cozumel, México.

Além das praias, no Punta Sur você também vai passar por lagoas repletas de crocodilos vivendo livremente em seu habitat natural. Existem 2 pontos principais para encontrar com os animais no parque: mais perto da entrada, onde há uma Torre de Observação, e do outro lado do estacionamento da praia de Chun-Chacaab, onde você pode fazer um passeio de barco na Lagoa Colombia, passar pela zona de mangues e, se der sorte, vai encontrar algum crocodilo nadando por ali.

 

Passeio na lagoa, no fim do dia.

A entrada no parque custa US$14 por pessoa e o horário de funcionamento é das 9h às 16h. O único ponto negativo que conseguimos apontar do Punta Sur é o preço cobrado pelos restaurantes da praia de Chun-Chacaab. Nos cobraram MX$60 (R$13) por uma água de coco no restaurante mais barato (o mais caro cobrava MX$96, ou R$20!!).

 

Como o parque fecha cedo, o ideal para quem busca economizar é aproveitar a praia pela manhã, levar um lanche para comer lá dentro e depois almoçar em algum dos restaurantes que você vai encontrar pelo caminho da volta (tanto no lado leste quanto no lado oeste da ilha).

 

Se você só tem 1 dia para conhecer Cozumel e mergulhar não está nos seus planos, fazer uma volta à ilha é uma boa opção para ter uma noção geral de tudo que a cidade oferece e ainda conhecer um dos seus parques mais bonitos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright 2017 by Profundo no Mundo